Postagens

Mostrando postagens de 2017

Os biquines na alemanha atravéz dos anos!

http://www.dw.com/pt-br/do-biqu%C3%ADni-ao-burqu%C3%ADni-as-mudan%C3%A7as-de-estilo-dos-trajes-de-banho-femininos/av-39336028

Chácara Monjolo

Imagem

Engenho de farinha de mandioca tocado a roda dagua!

Imagem

Fui criada comendo pão e polenta com farinha de milho moído com roda dagua!

Imagem

TEIXEIRINHA OLHOS QUE FALAM

Imagem

Aranha marrom cuidado ela é venenoza!

Imagem

Beleza e dinheiro

https://www.magazinevoce.com.br/magazinebelezaedinheiro/p/misturador-industrial-eletrico-progas-the-mix-40l-basculante/40181/?utm_source=compartilhou&utm_medium=acoes_divulgador&utm_campaign=belezaedinheiro&utm_content=misturador-industrial-eletrico-progas-the-mix-40l-?utm_source=belezaedinheiro&utm_medium=misturador-industrial-eletrico-progas-the-mix-40l-&utm_campaign=copy-paste&utm_content=copy-paste-share

ROMPENDO O DIA - MARY TEREZINHA

Imagem

A verdadeira História da Páscoa

Imagem
Caderno dos Professores Para quem quer ensinar e muitas vezes se pergunta como abordar um tema. Como deixar a aula interessante, como levar conhecimento aos seus alunos por meios que pedagogos lhe odiarão, mas serão amados pelos estudantes. Mais » 1234 A verdadeira História da Páscoa Muito antes de ser considerada a festa da ressurreição de Cristo, a Páscoa anunciava o fim do inverno e a chegada da primavera. A Páscoa sempre representou a passagem de um tempo de trevas para outro de luzes, isto muito antes de ser considerada uma das principais festas da cristandade. A palavra “páscoa” – do hebreu “peschad”, em grego “paskha” e latim “pache” – significa “passagem”, uma transição anunciada pelo equinócio de primavera (ou vernal), que no hemisfério norte ocorre a 20 ou 21 de março e, no sul, em 22 ou 23 de setembro. A páscoa judaica (em hebraico פסח, ou seja, passagem) é o nome do sacríficio executado em 14 de Nissan segundo o calendário judaico e que precede a Festa dos Pães Ázimos (Chag …

Meios de Comunicação criado pelo ser humano

Meios de Comunicação criado pelo ser humano O jornal foi o primeiro meio de comunicação de massa, criado por Johann Gutemberg, no ano de 1422. Originário dos documentos informativos dos navegadores do século XVI, esse meio originalmente impresso tomou a forma que tem hoje em 1836, na França; o jornal, hoje, também tem a forma falada (imprensa falada), no rádio, e a forma televisiva (imprensa televisada). Veracidade, imparcialidade, objetividade e credibilidade são as qualidades que garantes o sucesso de um jornal. A base do jornalismo é a notícia, seu objeto e seu fim (o resto é secundário).  A função principal da linguagem nesse meio de comunicação é a referencial ou informativa. Para que o receptor tenha acesso à mensagem veiculada por esse meio, é preciso que ele saiba ler e escrever, ou seja, pertencer a uma parcela privilegiada da sociedade.

O radio foi desenvolvido pelo italiano Guglielmo Marconi, no fim do século XIX, mas a Suprema Corte Americana concedeu o para Nikola Tesla mé…

No dia 6 de agosto de 1945, festa da Transfiguração, em Hiroshima

Imagem
Conheça a incrível história do Milagre de Hiroshima em abril 06, 2017
No dia 6 de agosto de 1945, festa da Transfiguração, em Hiroshima, perto do lugar que caiu a bomba atômica, quatro sacerdotes jesuítas alemães sobreviveram a esta catástrofe e a radiação, e nenhum efeito aconteceu com eles.



A explosão matou instantaneamente cerca de 80 mil pessoas. Ao final do ano, os ferimentos causados pela mesma e os efeitos da radiação ceifaram entre 90 e 140 mil vítimas. Aproximadamente 69% das construções da cidade foram completamente destruídas e cerca de 7% foi severamente danificada. Os jesuítas Hugo Lassalle, superior no Japão, Hubert Schiffer, Wilhelm Kleinsorge e Hubert Cieslik, estavam na casa paroquial da Igreja jesuíta de Nossa Senhora da Assunção, em um dos poucos edifícios que resistiu à bomba. Segundo um relato de Pe. Hubert Cieslik, somente sofreram pequenos ferimentos por causa de cristais quebrados, mas nenhum efeito da radiação, nenhuma perda de audição, nem qualquer outro dano.

primeira peregrinação pela ferrovia do Contestado

Imagem
 home livro de bordo artigos calculadoras utilidades morse biorritmo sobre Durante a  primeira peregrinação pela ferrovia do Contestado, cobri apenas uma pequena parte do trecho Porto União/SC a Marcelino Ramos/RS. Nesta segunda visita à região, procurei cobrir esta lacuna, e também revisitei alguns arredores de Porto União. Para quem não leu o outro artigo, "Ferrovia do Contestado" é a denominação informal do trecho catarinense da ferrovia Itararé-Uruguai: a primeira ligação terrestre "rápida" entre SP e RS e dali para os países platinos. Primeiro diaO primeiro dia foi despendido basicamente no deslocamento até Porto União/SC, e na visitação da região em torno, cobrindo alguns pontos que ficaram a descoberto no primeiro passeio: antigo pátio de cargas, cachoeira do "km. 13", Legru e Timbó.
Figura 1: Ponte ferroviária sobre o Rio Timbó, próximo à foz no Rio Iguaçu Como o rio Timbó está a leste de Porto União, minha intenção inicial era margear o rio até a…